Tecnologia do Blogger.

07/10/2013

Gêneros literários: você sabe o que é Chick Lit?


                Definir as características de um gênero literário é algo um tanto complicado. Porém, sejam elas claras ou nebulosas, algumas fronteiras acabam sendo definidas e os limites aproximados de cada gêneros terminam por se estabelecer. Feita essa introdução e tendo como inspiração nossa querida parceira, a escritora brasiliense Janaina Rico, apresentamos hoje o gênero conhecido como Chick Lit.
                O Chick Lit é um gênero frequentemente (mas não necessariamente) escrito por mulheres tendo principalmente mulheres como público alvo. As histórias são protagonizadas por mulheres modernas vivenciando situações e conflitos modernos. A temática de um Chick Lit abrange uma gama variada de assuntos: amor, romances, casamentos, divórcios, maternidade, conflitos familiares e pessoais; trabalho, carreira, dificuldades e conquistas profissionais; manias, hobbys, consumismo, futilidades; sexo, dinheiro, glamour; drama, medos e inseguranças; discriminações, estigmas, estereótipos; vícios e distúrbios de personalidade, luto... enfim, todos os assuntos que fazem parte da vida, do imaginário, do mundo feminino. Ainda que claramente voltado para agradar a parcela feminina dos leitores, nada impede que um Chick Lit seja igualmente apreciado pela parcela masculina.
                O gênero é marcado pela leveza da escrita e da forma como a narrativa se desenrola, sempre ágil e fácil de ser apreendida. Também a maneira como as protagonistas se portam diante das situações é digno de nota: longe de serem donzelas indefesas a espera de um príncipe encantado que lhe salve a vida, essas mulheres, ainda que fragilizadas ou amarguradas por alguma razão, tomam as rédeas dos acontecimentos, arregaçam as mangas, usam e abusam da versatilidade inerente ao sexo feminino e resolvem os dilemas com muitas doses de ousadia e liberdade (ou libertação).
                Outra característica típica de um Chick Lit é o humor e seu principal foco é o divertimento. E justamente por ser um gênero despretensioso que ele torna-se alvo de preconceitos. Mas engana-se quem pensa que as obras do gênero são superficiais e fúteis. Temas densos e difíceis estão presentes e são tratados com a seriedade que devem ser. Mas seriedade e respeito ao tema não significa uma narrativa sisuda e melancólica. Então, mesmo que arranque algumas lágrimas, o leitor terá muitas risadas e sorrisinhos para desfrutar no decorrer das páginas.
                O Chick Lit está em franca expansão. Internacionalmente já caiu no gosto do público tendo representantes já consagrados entre as prateleiras das livrarias. “O diabo veste Prada”, de autoria de Lauren Weisberger, é apenas um dos muitos exemplos. Em terras tupiniquis  o gênero ainda ensaia seus primeiros passos. Mas algumas autoras já despontam como grandes promessas, entre elas Paula Pimenta e Janaina Rico.
                Abaixo uma lista com algumas autoras e obras representantes do gênero. Para literatura estrangeira, alguns best sellers. Para os nacionais, os indicados pelo prêmio Codex de Ouro de2013.


Autoras e obras estrangeiras:
Candace Bushnell – “Sex and the City”;
Cecily Von Ziegesar – série “Gossip Girl”;
Helen Fielding – “O diário de Brigdet Jones”
Lauren Conrad – trilogia “L.A. Candy”
Lauren Weisberger – “O diabo veste Prada”;
Meg Cabot – “O diário da Princesa”;
Sophie Kinsella – “Os delírios de consumo de Becky Bloom”.

Autores e obras nacionais:
Fernanda Saads – “As confissões de Laura Lucy”;
Iris Figueiredo – “Dividindo Mel”;
Janaina Rico – “Ser Clara” e “Apimentando”;
Liana Cupini – “Antes tarde que mais tarde”;
Luis Eduardo Matta – “As bem resolvidas”;
Thaty Furtado – “Baby, você me ama”.


Referências:
SANTANA, Ana Lucia. Chick Lit. Disponível em: <http://www.infoescola.com/literatura/chick-lit/>. Acessado em: 29 de setembro de 2013.
STEFFENS, Julianna. O que é Chick Lit? Disponível em: <http://www.lostinchicklit.com.br/2009/01/o-que-e-chick-lit.html>. Acessado em: 29 de setembro de 2013.


Comentários
5 Comentários

5 comentários:

  1. Pra quem não conhece, eis um breve esclarecimento do que é um Chick Lit.

    ResponderExcluir
  2. Esse gênero pode ser queridinho ou odiado pelas pessoas, mas quem nunca se entregou ou iriá se entregar atire a primeira pedra, já li Chick Lit, e confesso que logo tenho que pegar uma coisa mais adulta depois pra ler, mas sempre tem aquela parque que fico "Awwwwwn que fofo" ou "AHAHAHAHAHA que engraçado" como tá explicando, desenrola muito bem a leitura, e recomendo pra você ler quando ta d cabeça cheia, entretenimento rápido e porque não gostosinho?

    Beijos,
    SeteCoisas.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Brunno.
    Um chick lit que li a um tempão e esqueci de colocar nesse post (sorry) foi "Os homens com quem não me casei". Pense num livro bom. Ri muito com a protagonista. No livro, o marido a troca por uma mulher novinha quando a filha deles vai pra faculdade e depois do momento fossa, ela resolve ver como estão os ex-namorados dela e saber como teria sido a vida dela se tivesse casado com algum deles. É cada figura, que só vendo.
    Não é meu gênero preferido mas tem livros bem legais.

    ResponderExcluir
  4. É bem isso mesmo. Acho que é um gênero para relaxar dos livros mais pesados. Divertido e legal . Tb li esse "Os homens com quem não me casei", muito divertido.

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!