Tecnologia do Blogger.

27/08/2014

EVENTO: “Palavras Brasilienses em Sampa”

Bom dia, leitores! Vamos falar de evento?

Autores de Brasília estão a caminho de São Paulo para divulgar suas obras e mostrar que a literatura daqui também tem força e expressão no mercado editorial. Confiram o release:


Atividades na tradicional Casa das Rosas e assim como na Bienal de São Paulo, marcarão a passagem de Brasília para falar sobre temas relevantes como distribuição, novas plataformas e paradigmas.

Duas atividades literárias denominadas “Palavras Brasilienses em Sampa” serão realizadas em São Paulo e integram um conjunto de ações que procuram ajudar a divulgar o escritor brasiliense, assim como buscar ferramentas que dinamizem a comercialização de suas obras. Nesta terça-feira (26/08), a partir das 19h, na tradicional  Casa das Rosas (Av Paulista 37 - onde fica o espaço “Haroldo de Campos” administrado pelo escritor Frederico Barbosa), será realizada a primeira atividade do "Palavras Brasilienses em Sampa". Será um animado bate bate papo mediado pelo jornalista e escritor Marcos Linhares, com os escritores brasilienses Basilina Pereira, Cristiane Sobral, Dinorá Couto Cançado, Jorge Amâncio, Sandra Fayad e Wélcio de Toledo.

Esses autores falarão sobre as obras, trajetórias e novos horizontes da literatura incluindo, plataformas digitais, divulgação e eventos.

Na Bienal de São Paulo

A última atividade será no dia posterior, na quarta (27/08). Dessa vez, o encontro dos escritores brasilienses com seus leitores será no estande da Scortecci, na 23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Os escritores de Brasília poderão ter seus livros comercializados no estande.

Todas as atividades de “Palavras Brasilienses em Sampa” são inteiramente gratuitas e abertas a todos nossos escritores regionais, independente de grupo o coletivo literário ao que pertençam. A coordenação é do Colegiado Setorial do Livro, Leitura e Bibliotecas do DF e os responsáveis são Marcos Linhares e Raúl Larrosa Ballesta.

Parceiros

A Casa das Rosas, desde a sua reinauguração como Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura, no final de 2004, tem oferecido à população de São Paulo cursos, oficinas de criação e crítica literárias, palestras, ciclos de debates, lançamentos de livros, apresentações literárias e musicais, saraus, peças de teatro, exposições ligadas à literatura, etc. Transformou-se, portanto, em um museu que se notabiliza pelo trabalho de difusão e promoção da literatura de escritores muitas vezes deixados de lado pelo mercado e pela oferta de oficinas e cursos de formação para aqueles que pretendem se tornar escritores ou aprimorar sua arte.


A Editora Scortecci já é parceira faz tempo do Sindicato dos Escritores do DF, e agora esta disposta a comercializar os livros de todos os escritores do DF. Não mediaremos nenhuma negociação as que devem ser realizadas diretamente por cada escritor com a Editora. Este é o primeiro ponto de venda no Eixo Rio- SP para os escritores brasilienses.


Parabéns pela iniciativa. 

A Academia Literária DF apoia e deseja boa sorte aos nossos autores locais. 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!