Tecnologia do Blogger.

13/03/2015

Em uma sexta-feira 13, aposte nos escuro!




                  Treze. Um número místico, misterioso, abençoado ou amaldiçoado. Símbolo de sorte para uns, de azar para outros. Mas o que ninguém discute é que a sexta-feira 13 é uma data icônica. E quase sempre associada a coisas obscuras, a começar pela origem das crendices ao seu redor. Vejamos algumas das possíveis origens para a maldição da data:

  1. Os escandinavos eram um povo politeísta. Segundo suas crenças, Frida era a deusa do amor e da beleza. No processo de cristianização, os escandinavos passaram a considera-la uma bruxa. De acordo com a lenda, ela então passou a reunir-se em uma montanha com outras 11 feiticeiras e o próprio demônio (13 participantes!) todas as sextas-feiras. As palavras para sexta-feira em escandinavo e em inglês, “friadagr” e “Friday” respectivamente, são derivadas do nome da deusa.
  2. A mitologia nórdica conta que houve um banquete em Valhala, a morada dos deuses, promovido por Odin. O rei dos deuses convidou outros 12 deuses para a celebração (total: 13!!!). Irado por ter sido excluído, Loki, deus da discórdia e do fogo, invadiu o banquete e, na confusão, Balder, o favorito dos deuses, acabou morto. A partir de então, toda reunião com treze pessoas estaria destinada à tragédia.
  3. Antes de ser crucificado numa sexta feira, Jesus Cristo reuniu-se aos seus 12 apóstolos para celebrar a Santa Ceia, totalizando 13 pessoas.
  4. Sentindo-se ameaçado pelo poder da Igreja Católica, o rei Felipe IV da França tentou filiar-se à Ordem dos Cavaleiros Templários, ao que foi veementemente recusado. Enfurecido, ordenou a perseguição e a execução dos Templários em uma sexta-feira, 13 de outubro de 1307.


                A origem da crendice é incerta, mas os mais supersticiosos garantem que sexta-feira 13 é um dia obscuro. E já que estamos em uma sexta-feira 13, seja você supersticioso ou não, que tal embarcar nesse clima macabro e mórbido? Gostou da ideia? Então vamos lá.
                Normalmente, nós da Academia indicaríamos alguns livros com temática que combine com esse dia tão especial. Mas dessa vez vamos fazer um pouco diferente: em vez de livros, vamos indicar uma editora. Sim, uma editora. O motivo? Bem, veja você mesmo:


“Eles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. Gostamos do grotesco, do fantástico, do infame. Celebramos nosso lado sinistro com monstros em VHS, download de games, LPs tocados ao contrário. E, principalmente, com livros que ousamos folhear à luz de velas. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d' O terror. O terror. Você é um dos nossos.
Certas coisas nunca hão de morrer. A atitude punk. Os zumbis de George A. Romero. E, é claro, um bom livro. Ele é muito mais do que um objeto de papel.(..) O livro é um universo em si mesmo. Um acervo de personagens inesquecíveis que guardamos na cabeceira da cama, e que à noite volta para povoar nossos sonhos.
Na Darkside®, nós investimos em livros. Especialmente, livros de terror e fantasia. Fazemos questão de publicar as histórias que amamos. Algumas viraram filmes, games ou lendas urbanas, mas todas reservam experiências únicas em suas páginas. (...) Seguindo o padrão quase psicopata de qualidade, cada livro Darkside tem que ser precioso no texto, na capa e no design. Então leia, releia, baixe, divulgue, colecione. No que depender de todos nós, Darksiders, o livro vai continuar mais vivo do que nunca.
Darkside® Books. Book is not dead.”
(Fonte: Site da editora)


                A editora Darkside é uma editora, a primeira no Brasil, totalmente dedicada ao terror e à fantasia. Uma olhadinha em seu site já é suficiente para dar uma ideia sobre seu enfoque. Seu slogan também: “Aposte no escuro”.  E os livros que ela publica, sempre grandes obras icônicas, são de uma beleza admirável. Não tenha dúvidas quanto ao caráter “psicopata” de seu padrão de qualidade.
                Quer dar uma olhadinha em alguns dos títulos?



                Recentemente eles anunciaram os dois próximos lançamentos e um deles é nada mais nada menos que o clássico “Sexta-Feira 13”!


Tubarão


                E então, quer uma boa (assustadora ou inquietante) leitura para te acompanhar na próxima sexta-feira 13? Pode escolher. E aposte no escuro.



Referencias:

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!