Tecnologia do Blogger.

09/07/2016

Resenha: 1+1 A matemática do amor (Augusto Alvarenga e Vinícius Grossos)

Ficha Técnica:
Referência bibliográfica: ALVARENGA, Augusto e GROSSOS, Vinícius. 1+1 – A matemática do amor. 1ª edição. Barueri/SP, Faro Editorial, 2016. 254 páginas.
Gênero: Ficção brasileira, literatura infanto-juvenil
Temas: Amizade, adolescência, amor, homossexualidade
Categoria: Literatura Brasileira
Ano de lançamento: 2016 












“Não lembro bem como eu e o Bernardo nos conhecemos. Até onde sei, ele sempre esteve ali, do meu lado. Na escola, sempre estudávamos na mesma sala. Ele me ajudava em matemática, e eu lhe dava uma mão em português. E assim nos completávamos, ajudando um ao outro, apoiando-nos mutuamente.”          
*1+1 – A matemática do amor (pág. 09).

Dois garotos eram tão próximos que nem se lembravam quando sua amizade começou, um sempre esteve ao lado do outro, eram como unha e carne. Era assim a relação de Lucas e Bernardo e permaneceria dessa maneira caso Bernardo não tivesse sabido que em breve se mudaria com a família para Portugal. A notícia mexe com os dois e então Lucas decide elaborar uma lista de coisas a serem feitas antes da partida do amigo. É nessa convivência intensa, antes da tal viagem, que os dois em meio a uma montanha-russa de sentimentos começam a perceber que na realidade o que sentem um pelo outro pode ser maior do que imaginam, pode extrapolar a linha que determina a amizade de anos destes garotos... No entanto, como lidar com essa enxurrada de sentimentos quando se tem apenas 16 anos?
Começarei comentando a amizade dos personagens principais, Lucas e Bernardo. Parece não haver relação mais bem definida que esta, os dois praticamente nasceram juntos, e desde então a presença de um para o outro se tornou essencial, como se fossem realmente familiares, como se realmente tivessem o mesmo sangue. Quanto aos pais dos dois, são tão próximos quanto os filhos, se conhecem desde jovens e ainda por cima são vizinhos.
A atmosfera familiar é bem marcada no livro, o que particularmente me agrada muito, como já disse algumas vezes nos meus posts por aqui.  Inclusive, uma das minhas personagens favoritas da obra é Sarah (que coincidência, não? Kkkk), tia de Lucas, uma quarentona que não tem medo de ser feliz aceitando quem realmente é.
Sobre as particularidades de cada personagem, os mais bem definidos da história são Lucas, Bernardo e Sarah (como era de se esperar, já que estão em primeiro plano), mas eu realmente acredito que neste sentido o livro poderia ter sido melhor, gostaria de mais detalhes sobre os pais deles e sobre os outros personagens ao redor, porém, para quem gosta de uma narração mais direta, neste aspecto é ok. Apesar dessa falta de detalhes, posso dizer que a maioria deles conseguiu conquistar o meu coração.
Os autores abordam o buraco negro de sentimentos que é a adolescência de maneira fiel, mostrando as angústias e medos com que os personagens lidam.
Pela própria sinopse dada no topo do post e descrição dos temas do livro é possível notar que um amor surgirá entre esses dois jovens. Sobre isso eu gostaria de comentar que nunca havia lido um livro focado apenas em um casal homossexual, claro que a obra não trata apenas disso, existem diversos outros temas abordados... O que quero dizer é que gostei da forma como os autores conduziram esse assunto, o amor entre pessoas do mesmo sexo, que infelizmente ainda é delicado, sendo que ainda existe muitas pessoas preconceituosas por aí, eles descreveram com delicadeza e eu diria que conseguiram demonstrar perfeitamente a pureza do amor entre os dois garotos. 
 Ainda dentro do assunto homossexualismo os autores retratam como é viver em uma cidade pequena, onde tudo é comentado, até mesmo os assuntos mais privados de cada um. Eles também mostram o contraste entre as pessoas da cidade grande e do interior, o que é bastante interessante. 
Ah! Quase me esqueço de comentar uma das coisas que mais gostei no livro. O nome faz todo o sentido, 1+1 A matemática do amor. Adoro quando os títulos têm um significado maior, é como se toda a história tivesse um conceito por trás, não direi qual é a ideia do título, deixarei que vocês descubram sozinhos. ~ mistério 
Em relação à estrutura do livro, ele é composto de sessenta capítulos intercalados entre os personagens Lucas e Bernardo, respectivamente, que narram a história em primeira pessoa.  Esses capítulos são consideravelmente curtos, têm entre três a cinco páginas. Posso dizer que eles sempre acabam de uma forma que faz com que não queiramos parar, com as palavras colocadas da melhor maneira possível.  Ao final existem dois "capítulos" bônus, que fazem parte do epílogo. 
A narrativa é gostosa e leve, apesar de lidar com assuntos fortes como as despedidas que a vida nos faz passar e a própria homofobia. 
Ainda dentro da estrutura textual do livro, os autores optaram por um decorrer de história que foge do padrão. Com isso quero dizer que as situações retratadas não seguem a estrutura clássica, ou seja, ela não tem um clímax previsível e tal, isso gera algumas quebras de expectativa durante a leitura, não que isso seja algo ruim.
Quanto à capa, eu amei, colorida e vibrante, como os próprios personagens. Tem um detalhe: dentro do livro existem algumas imagens. O design ficou por conta do Osmane Garcia Filho.
             Augusto Alvarenga nasceu no interior de Minas, em João Monlevade, e atualmente mora em Belo Horizonte. É libriano, estudante de cinema, apaixonado por romances e viciado em narrativas de histórias inspiradoras – escritas, vistas ou contadas. Seu maior desejo é conseguir tocar, cada dia mais, o coração das pessoas com suas palavras e páginas. Vinícius Grossos nasceu em 1993, no Rio de Janeiro. É taurino, viciado em café e dias nublados. Atualmente mora em Juiz de Fora, onde cursa jornalismo na UFJF.      
A quem eu recomendo? A todos que apreciam livros que expõem sentimentos verdadeiros, e como dizem os próprios autores na dedicatória: "Para todas as pessoas que não tem medo de amar...". E gostaria de acrescentar que para quem nunca leu um romance com um casal homossexual em destaque esse é uma ótima pedida. É sempre bom conhecer novas perspectivas, não é mesmo? ;)
           

Bibliografia de AUGUSTO ALVARENGA E VINÍCIUS GROSSOS (ordem cronológica):

Livros:

Augusto Alvarenga (o da esquerda):
  • 1+1 A matemática do amor - Faro Editorial (2016)
  • Um amor um café e Nova York 2 - Dplacido Editora (2015)
  • Um amor um café e Nova York 1- Dplacido Editora (2014)
Vinícius Grossos (o da direita):
  • 1+1 A matemática do amor - Faro Editorial (2016)
  • O garoto quase atropelado - Faro Editorial (2015)
  • Sereia Negra- Selo jovem (2014)


Espero que tenham gostado da minha primeira resenha por aqui, até a próxima!

Mas, antes de irem, não se esqueçam de comentar e compartilhar esse post. ;)

Obs.: Se gostam dos meus posts por aqui cliquem neste link para conhecer o meu blog, Variável.S

Beijão!!!


Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Já achei a premissa dele super fofa e o livro parece ter muitos sentimentos, foca bem nisso e parece ser bonito de acompanhar. A história deles é bem real, acho que é dessas que você acredita no que está lendo e não fica forçado compreender os sentimentos que eles vão desenvolvendo. É bem bacana pelo jeito, gostei dele e estava pensando em ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Cristiane! Você compreendeu perfeitamente a mensagem que quis passar sobre o livro. O sentimento retratado é tão puro que nem nos perguntamos sobre. :)

      Excluir
  2. Esse livro já está na minha lista desde do lançamento, mas ainda não tive oportunidade de ler. Esse livro parece ser bem fofo e de uma sensibilidade única. Adorei o fato do amor entre os dois terem começado a partir de outra forma de amor, que é a amizade (acho que isso torna tudo mais real). E já estou curiosa pra saber o significado por trás do título *-* Adorei a resenha, beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Cris! Haha, sim, esse livro é extremamente delicado, sensível, aposto que você vai adorar. Obrigada, fico feliz que tenha gostado da resenha. Beijos! ;)

      Excluir

Deixe o seu comentário!