Tecnologia do Blogger.

28/08/2014

GELADEIROTECAS







Geladeirotecas para trocas e empréstimos de livros livres.

Servido? Geladeira que funciona como biblioteca desperta curiosidade e incentiva leitura no DF.

Uma geladeira atrai toda atenção em uma praça pública do Guará II - QE 32. Dentro dela nada de comida,
mas sim uma infinidade de obras literárias e todas prontas para serem degustadas.

A ideia é exatamente essa "Abra a geladeira e devore um livro".  


O projeto surgiu de um grupo de quatro amigos do Guará II. A geladeira velha era do videoartista Lucas Rafael e, segundo ele, funcionava como um armário para guardar produtos de limpeza. E como surgiu essa ideia, Lucas relata: 

"Tive um insight de tirar da minha casa e expor ao público com conteúdo cultural que pudesse funcionar"


Cada amigo contribuiu para que esse projeto fosse para frente e mais pessoas tivesse conhecimento sobre a geladeiroteca. Julimar do santos, grafiteiro, realizou a arte na geladeira e Bruno Formiga, operador de áudio, ajudou a divulgar o projeto e promoveu uma festa com música e arte.







A divulgação ocorreu no dia 09/08/2014 e pode ser vista como aqui no Facebook.











A geladeira mantêm a integridade do livro e contém clássicos brasileiros como Machado de Assis. Você pode pegar um livro e sentar no banco da braça para ler ou pode levar para casa e devolver ao seu término.



Confira a entrevista sobre a Geladeiroteca do Guará II:
http://videos.r7.com/geladeira-guarda-livros-no-meio-da-praca/idmedia/53f686720cf23dee1298fc67.html

Em Santa Catarina eles também começaram a divulgar essa ideia só que em ponto de ônibus. Se quiserem saber mais sobre essa matéria cliquem aqui (http://www.bibliotecasdobrasil.com/2014/08/duas-geladeiras-tornaram-se-bibliotecas.html)




Os livros e a leitura são nossas paixões e nos acompanham em vários momentos de nossas vidas. É animador saber que em uma cidade do Brasil terá uma biblioteca versátil e que qualquer pessoa pode usar os livros. Sem contar que esta funcionará em um horário tão amigável para aqueles que não podem se deslocar até uma biblioteca durante a semana.


Para que as bibliotecas livres continuem funcionando os leitores precisam fazer com que seus livros circulem. Leia, empreste ou devolva. Faça um exercício de desapego e doe alguns de seus livros. Vamos manter o ciclo da leitura sem interrupções.




Essa ideia comprova que "Nada se Perde Tudo se transformar", e aqui ela tem uma boa causa.
Tomara que o público saiba preservar, aproveitar e apoiar essa iniciativa.

Parabéns pela Bela iniciativa!

Você conhece outras bibliotecas livres e versáteis? Tem informações sobre ela? Escreva-nos contando os detalhes. Envie um e-mail para academialiteráriaDF@gmail.com ou escreva no comentários.


Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Adoro esse tipo de iniciativa. Parabéns aos envolvidos!!!!

    ResponderExcluir
  2. Muito boa a iniciativa né e nem custa muito, basta força de vontade!

    ResponderExcluir
  3. Essa ideia é bacana. O bom da geladeira é que os livros ficam protegidos do sol e da chuva /o/

    ResponderExcluir
  4. Exato, a geladeira mantêm a integridade do livro *-*

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!