Tecnologia do Blogger.

15/06/2015

CONSIDERAÇÕES: #MochilãoDaRecord



                Olá, queridos leitores.
                Na última quinta-feira, dia 11, rolou aqui na Capital Federal o #MochilãoDaRecord. O evento que ocorreu na Livraria Cultura do Casa Park é parte de uma turnê idealizada pela editora a fim de promover uma maior aproximação e interação com seus leitores e também para apresentar ao público seus próximos lançamentos e apostas para o ano.
             De acordo com o site da editora:
                
O Grupo Editorial Record lança em 2015 uma novidade: o Mochilão da Record. A primeira edição da iniciativa levará, durante os meses de maio e junho, eventos literários exclusivos a 10 cidades brasileiras. Contando com participações de autores e editores, descontos e surpresas para o público, a aposta é uma oportunidade dos apaixonados por literatura passarem horas rodeados por livros.

Confira na galeria abaixo quais forão as cidades incluídas na turnê, as datas e quem forão os convidados especiais de cada uma:



Fortaleza

Recife

Salvador

Porto Alegre

Florianopolis

Curitiba
Brasília
Rio de Janeiro
Belo Horizonte
São Paulo



Brasília foi a 7ª cidade por onde o Mochilão passou. A farra começou bem antes do horário estipulado para o evento. Às 17:00h já havia leitores chegando à livraria, aguardando pela distribuição das senhas. Quando chegamos, por volta das 18:20h, as senhas já estavam sendo distribuídas, e um grupo animado de pessoas (inclusive algumas empolgadas participantes de um grupo de troca de marcadores atuante aqui na Capital) ocupavam a frente da entrada do auditório, sentadas no chão. Pouco tempo depois, em meio a conversas e risadas (e muitos marcadores distribuídos e negociados), a porta finalmente se abriu. Logo na entrada, cada pessoa ganhou seu kit preparado com carinho pela editora: uma linda ecobag com a logo do Mochilão recheada com um bloco de notas, um botton, um aviso de porta e muuuuuuitos marcadores.

O evento foi uma delícia. Apresentado por Guilherme Filippone (Gerente de Marketing) e Shirley Higaki (Coordenadora de Merchandising e Treinamento), contou com a participação especialíssima da escritora Carina Rissi. A dupla de apresentadores estava super em sintonia. Falaram sobre cada livro com uma paixão contagiante. Aliás, o Guilherme foi uma atração à parte. Carismático, extrovertido e muito brincalhão, fazia comentários do tipo “assim como eu” ou “parece comigo!” sempre que algum personagem masculino arrancava suspiros da plateia. Dois momentos dele foram os melhores: o primeiro quando a garotinha Karen, filha de Márcia, uma das leitoras presentes (e membro do grupo de troca de marcadores), entrou no auditório com uma pelúcia enorme do personagem Peppa Pig; o segundo foi quando ele, ao apresentar um livro, abraçou o volume, fez aquela cara de apaixonado e declarou que queria se casar com o livro! Uma figura, esse Guilherme! Alô Dona Record, vocês tem um talento e tanto em mãos, não o deixem escapar.
Livros apresentados, lançamentos devidamente divulgados, eis que era chegado o momento que enlouquece qualquer leitor: o sorteio de brindes!!! A roleta usada na brincadeira foi um super ponto positivo no evento da editora. Quem quer que tenha tido a ideia, está de parabéns! Funcionava assim: o Guilherme e a Shirley sorteavam um número no saquinho (distribuídos aos leitores na entrada do evento) e o sortudo ia até o palco. Eles sortearam váaaarios números primeiro e formaram um fila. Depois, um a um ia até a roleta e a rodava (“Com vontade”, dizia o Guilherme). Aí, o livro indicado pela roleta quando ela parasse de girar era o prêmio do felizardo. Mas tinha um porém: dentre os 9 campos da roleta, um indicava “não ganha nada” e a pessoa saia de mãos abanando. Aconteceu algumas vezes, não muitas, felizmente. A grande maioria dos sorteados – e foram muitos mesmo, já que a pilha de livros para sorteio era enorme! – acabou levando um exemplar de uma ótima história pra casa. Inclusive nós, da Academia. Eu fui uma das sorteadas – pela primeira vez em um evento! – e tive a sorte de ganhar um dos livros que assanharam minhas lombrigas literárias – com minha escassez de sorte, fiquei surpresa por ter sido sorteada e mais surpresa ainda por não ter caído no “não ganha nada”!!! – e, obviamente, fiquei feliz da vida. Ah, sabem quem acabou ajudando no sorteio? A Karen, a garotinha da Peppa Pig. Empolgada como ela só, fazia tanta algazarra quando alguém era contemplado (como se fosse ela a ganhar o presente) que acabou sendo convidada pelo Guilherme para sortear os números. A animação dela acabou trazendo sorte para uma das amigas da mãe. Dentre as seis últimas pessoas sorteadas, quatro sortudos (entre eles a amiga da mãe da Karen) ganharam uma mochila recheadíssima com vários livros após responderem corretamente perguntas sobre os livros apresentados no evento.
Um dos momentos mais aguardados pelos presentes aconteceu após o sorteio: o bate-papo com a autora de “Perdida”, “Procura-se um marido” e “ No mundo da Luna”, a paulista Carina Rissi. Respondendo à perguntas do apresentador e do público, ela falou sobre a carreira e sobre seus livros. Para finalizar o evento com chave de ouro, uma sessão de autógrafos que durou até o fechamento da livraria.


Guilherme Filippone e Shirley Higaki

Eu ganhei esse livro

O prêmio máximo: a mochila


Casa lotada. Todos com seus kits


A roleta de prêmios


Muitos livros para sortear ^_^


Os sortudos


Mochila recheada de livros

Autógrafos com Carina Rissi

                Bem, a julgar pelo evento de Brasília, o #MochilãoDaRecord é um sucesso total. A iniciativa da editora é super bem vinda e mostra, assim como acontece com ações semelhantes de outras editoras, que os leitores apreciam verdadeiramente esse contato mais íntimo. 
                    Parabéns, Record! Esperamos vocês aqui novamente em 2016!


                    Para ver todas as fotos que tiramos no evento, visite nossa galeria completa aqui.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!