Tecnologia do Blogger.

31/08/2015

10 Dicas para sobreviver a Bienal do Rio 2015



Olá, leitores da Academia!
Faltam apenas 3 dias para o evento literário mais aguardado do ano! A Bienal do Rio 2015 vai movimentar o Brasil inteiro e gente de todos os estados vão estar por lá conferindo o que há de novidade no mercado literário, encontrando autores, blogueiros, editores, amigos, livros! Nós da Academia Literária-DF estamos arrumando as malas e ansiosos para desembarcar no Rio. E por falar em malas, o post de hoje vai ser para os mochileiros de plantão. Já fomos em duas bienais no Rio (2011 e 2013) e trazemos aqui para vocês algumas dicas de como sobreviver à maratona que é a Bienal. Confiram abaixo nossas dicas:



1
 Programe-se!
Quais dias você está pensando em ir? Quais autores deseja ver? Quais as palestras deseja ouvir? Quais autógrafos deseja pegar? O que quer comprar? É muito importante se programar, pois a bienal é um evento de “mini eventos”. Enquanto no Pavilhão Azul esta rolando bate papo com autor X, no Pavilhão Verde está acontecendo uma sessão de autógrafos com o autor Y. Quarta vai ter o lançamento do livro do autor tal, enquanto domingo o autor internacional tal estará autografando. É importante fazer um roteiro do que quer fazer e uma lista do que quer comprar. Ninguém quer perder a sessão de autógrafos de seu autor favorito porque perdeu a hora, não é verdade? Faça uma lista das atrações que deseja conferir. Faça sua lista por dia, anote os horários certinhos e o local. Dá até pra fazer isso no próprio site da Bienal e depois só imprimir (olha que prático!). No primeiro dia, dê uma boa olhada no mapa enorme que fica logo na entrada ou, se quiser ser mais precavido (como nós da Academia), entre no site da Bienal e imprima seu próprio mapa.

2
 Chegue cedo!
Principalmente se você quer tentar pegar autografo de algum autor internacional. Quase todas as sessões de autógrafos de autores internacionais terão senhas limitadas. Então, não custa nada acordar um pouco mais cedo. Acredite, tem gente que vai madrugar na fila. Fique esperto!

                       
3
 Marque um ponto de encontro!
Vai curtir a Bienal com os amigos? Então deixe previamente agendado um horário e um ponto de encontro (olha aqui novamente a importância de dar aquela conferida no mapa antes do evento). Não deixe para decidir na última hora, muito menos vá todo orgulhoso do seu super smartphone achando que ele é a salvação da lavoura! O sinal de celular no Riocentro, principalmente num evento tão lotado, é mais que péssimo: é quase inexistente! Por precaução, deixem todos avisados sobre o ponto de encontro. E que seja um lugar fácil de encontrar e bem visível. Dê preferencialmente ao primeiro pavilhão que costuma ficar mais vazio e você não precisará do auxílio do Olho de Thundera pra encontrar seus amigos no meio da multidão!

4
 Vista-se confortavelmente!
Todo mundo quer usar seu melhor look e estar super bonito pra encontrar aquele autor que ama de coração, certo? Antes de abrir o armário e escolher aquela minissaia lindíssima ou aquele seu salto preferido, no caso das moças; ou aquele seu pisante super estiloso ou aquela combinação de sobretudo e coturno que esbanja personalidade mas quase te mata de calor, no caso dos rapazes, deixa eu te contar um segredinho: a Bienal é tipo uma maratona. São horas e horas e horas de coisas para fazer, lugares para ir, filas para encarar, multidão te acotovelando nos pavilhões onde estão os principais stands e quase nenhum lugar pra sentar. Então, meus amigos e minhas amigas, monte o look mais glamuroso e estiloso que você conseguir com as roupas e sapatos mais confortáveis que você tiver no guarda-roupas! Você não querer que seu pique e sua disposição sejam prejudicados por uma roupa ou um sapato maravilhoso mas nada prático, certo? Conforto em primeiro lugar!

5
 Leve dinheiro!
Sim, dinheiro. As filas para pagar com cartão de crédito costumam ser muito maiores do que as filas de quem vai pagar com dinheiro. E nem queira saber o tamanho da fila do caixa eletrônico!  Só não se esqueça de guardar sua grana num local adequado. É a coisa mais fácil do mundo enviar a mão no bolso pra pegar o celular e, ao puxar, deixar cair o dinheiro que estava no mesmo bolso e nem perceber. Também não é bom dar bobeira porque, assim como em qualquer outro lugar onde haja uma aglomeração grande de pessoas, você corre o risco de algum malando meter a mão e levar sua carteira sem você nem notar.

6
 Leve água e comida!
Aventureiros de primeira viagem, não se iludam: petiscos são mais que necessário! Você pode até argumentar que haverá uma praça de alimentação por lá. Mas sabe aquela história das filas gigantescas? Elas estão por toda parte: na entrada do evento antes dos portões se abrirem, na porta dos stands mais concorridos, nos caixas para pagar pelas comprar, nas sessões de autógrafos e também em TODAS as lanchonetes e restaurantes! Isso sem falar nos preços! Se você já frequentou qualquer show, balada ou evento em que uma vez dentro não se pode sair e voltar depois, você deve ter uma noção do que são os preços dos alimentos por lá. Portanto, leve um lanchinho, até porque, se você vai passar o dia todo na Bienal – que começa pela manhã e termina a noite – você não vai se aguentar só com o almoço. Outra coisa importantíssima: leve uma garrafinha de água e vá reabastecendo nos bebedouros. E sim, haverá filas enormes neles também. Você não quer passar sede, não é mesmo? Seu corpo agradece!

7
 Evite peso!
Você vai ficar muitas horas em pé, de um lado para o outro fazendo várias coisas. O peso em acesso, além de te atrapalhar, vai te deixar ainda mais fadigado ao final do dia. Já não basta o peso dos livros que você vai comprar, não é? Leve apenas o essencial. Se o essencial for pesado, tente dividir a carga com algum amigo.

8
 Leve uma mala de rodinhas!
Essa é uma dica de ouro para todos! E mais ainda para quem é um leitor compulsivo por compras! Mochilas são boas, mas depois do quinto livro, suas costas começam a pedir arrego. O esquema é o seguinte: você leva sua mochila ou bolsa para os itens essenciais e que deverão ficar o tempo todo com você; e leva também uma mala de rodinhas, dessas de viagem mesmo para guardar os livros que você vai comprar (o tamanho varia conforme a quantidade de livros). Então, quando você tiver comprado tudo, você leva essa mala e deixa no guarda-volumes (não esqueça de colocar um cadeado). Aí você passa o resto do dia aproveitando as atrações.

9
 Dia de compras!
Outra dica de ouro para quem pretende aproveitar a Bienal para abarrotar as estantes: separe um dia para fazer comprar e foque nisso. Escolha um dia mais calmo, que não tenha muitas atrações ou sessões de autógrafos de autores muito badalados (preferencialmente um dia em que não haja muitas atrações que VOCÊ queira ver). Se puder, faça seu “Dia de Compras” no meio da semana porque os sábado e domingo são os dias com maior público e todos os stands ficam LOTADOS. Nesse dia, aproveite a calmaria e ande por todos os stands, veja os títulos que te interessam, veja as promoções e compre tudo o que tinha planejado comprar (não esqueça a dica anterior!). Assim você poderá aproveitar os outros dias pra conferir toda a programação que a Bienal oferece.

10
 Descanse!
Não falamos que era uma maratona? Pois é. Aproveite os intervalos entre as atrações (e as compras) para descansar. “Mas você não disse que quase não há lugares pra sentar?”, você me pergunta. Sim, quase não há. E por esse motivo sugerimos que levem uma canga (aos rapazes, peguem uma emprestada da sua mãe, sua irmã, sua namorada ou esposa...). Cangas são leves e perfeitamente guardáveis em bolsas ou mochilas, e você pode estendê-las em qualquer cantinho pra poder se sentar ou mesmo deitar, se houver espaço. Um bom lugar pra tirar uns minutinhos de folga é o gramado entre os pavilhões (#ficaadica). Não tem uma canga ou não conseguiu arrumar uma emprestada? Leve algo semelhante, um tapetinho ou uma toalha de mesa. O importante é poder se sentar (ou deitar) sem se preocupar em sujar a roupa que você se esmerou tanto para escolher, e recuperar as energias pra continuar na jornada!

***

                Essas são as dicas da equipe da Academia Literária-DF que já se considera veterana em Bienais. Gostaram?
                Esse ano estaremos por lá novamente. Em breve faremos uma postagem das nossas considerações e divulgaremos várias fotos. Aguardem!
                Ah, já íamos esquecendo nossa dica final: DIVIRTAM-SE  e boas leituras!

E vocês, leitores? Tem alguma dica? Escreva nos comentários ;)


Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Eu só fui em duas bienais na vida e olha... as dicas que vi nos blogs ajudaram muito! Infelizmente não vou esse ano :( mas espero que se divirtam.
    Beijos.
    Blog Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu, tudo bem?
    Adorei as dicas e concordo com tudo. Também já fui em duas Bienais e sei como é.
    Uma pena que não vou poder ir na do Rio, mas estou super feliz por vocês irem e depois quero saber de tudo.
    As dicas estão ótimas e é de grande ajuda.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  3. Oiiii

    Essas dicas são atemporais e serve para tooodos os eventos literarios!
    Eu lembro que estava seguindo algumas dicas no dia e me perdi no meio por causa da muvuca hahahaha


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, Luciano!
    A sua postagem me deixou de novo triste por não poder ir para a Bienal do Rio :/ (Brincadeira rs) Eu queria muito poder ir para a Bienal do Rio essa ano, mas infelizmente não vai dá. Porém as suas dicas são bem legais para me preparar para talvez futuras Bienais :D
    Estou com planos para a Bienal de Alagoas esse ano e pretendo levar em consideração as suas dicas para esse dia. Adorei a postagem, bastante divertida e informativa. Parabéns! :)

    Luz e literatura!
    Beijos

    cantaremverso.com

    ResponderExcluir
  5. Ah essas dicas são excelentes, mas me deu até dor no meu coração porque me fez lembrar da bienal que não vou :(
    Não costumo sair com dinheiro, tenho medo, então ainda prefiro chegar cedo e ir direto comprar o que está na listinha e num dia calmo.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  6. Oi Luciano, tudo bem
    Esse é o segundo post que leio sobre dicas, achei muito generoso da sua parte nos ajudar. Essa questão de leva água e alguns lanches muito válida, além de usar roupas confortáveis. Sabe, essa questão do peso também tem que ser levada em consideração, pois no fim do dia a pessoa não vai estar mais aguentando, risos...
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!