Tecnologia do Blogger.

05/07/2016

RESENHA - No seu olhar (Nicholas Sparks)

Ficha técnica:
Referência bibliográfica: SPARKS, Nicholas. No seu olhar. 1ª edição. São Paulo, Arqueiro, 2016. 432 páginas.
Gênero: Romance.
Temas: Perseguição. MMA. Vingança. Paixão.
Categoria: Literatura Estrangeira. Literatura norte-americana.
Ano de lançamento: 2016.











“- Acho que você se preocupa demais com o modo como é vista pelas outras pessoas, mas para mim isso é um erro. No fim das contas, a única pessoa a quem você pode agradar de verdade é você mesma. O que as outras pessoas sentem é coisa delas.
Maria comprimiu os lábios, sabendo que ele estava certo, mas mesmo assim um tanto pasma porque ele simplesmente... dizia isso. Mas, afinal de contas, ele era direto com relação a todo o resto, então por que ficaria surpresa?”
*No seu olhar (pág. 103).


A advogada Maria Sanchez retorna para a cidade natal, Wilmington, no estado norte-americano Carolina do Norte, após passar por experiência traumática no emprego anterior na assistência da promotoria. De volta às origens, Maria conhece Colin Hancock, um rapaz incrivelmente sincero e com um passado questionador.
  A moça, filha de imigrantes mexicanos, não se envolveria com alguém como Colin até pouco tempo atrás. Apesar de serem diferentes, ambos estão em busca de um novo recomeço. O amor e a vida deles, porém, passam a ser ameaçados por fantasmas do passado de Maria e de Colin.
Mais uma vez fui surpreendida pela trama envolvente de Nicholas Sparks. Em “No seu olhar” o autor mescla as já conhecidas histórias de amor súbitas com um suspense policial. Maria Sanchez voltou para a cidade onde a família mora após ser perseguida no antigo emprego. Ela cuidava do caso de uma jovem que foi agredida pelo ex-namorado quando esta foi morta por ele, pouco tempo depois dele sair da cadeia. A família da vítima passou, então, a culpar Maria pelo crime por não conseguir manter o agressor preso. O caso nos é apresentado no início da obra e só voltamos a ele quando as intimidações ressurgem. Nesse ponto da história, Maria já está em um relacionamento com Colin.
       Os personagens da obra são incríveis. Maria, com 28 anos, é linda, inteligente e bem sucedida, mas sofre com assédio no trabalho atual e com acontecimentos do passado. Colin – da mesma idade que ela – teve uma complicada relação com a família e com a lei quando era mais novo, o que o tornou um adulto responsável, mas com sentimentos reprimidos que podem vir à tona. Os parentes mexicanos de Maria são uma graça à parte; divertidos e protetores, os pais e a irmã dela Serena, são peças fundamentais da trama. Os melhores amigos de Colin, Evan e Lily, possuem tanta lealdade e dignidade que se tornam quase irreais.
Diferente do visto em “O Milagre” e “Noites de Tormenta”, o amor entre os protagonistas se desenvolveu lentamente. Durante a trama senti que estava em uma montanha russa. Foi fixação à primeira vista, seguida de tédio e empolgação. O prólogo do livro é incrível, pois já nos apresenta a visão do vilão, com muito suspense. Entretanto, os primeiros capítulos são monótonos, e confesso que lutei para continuar com a leitura. E, então, quando o perigo retorna para a vida de Maria eu já não conseguia mais deixar o livro.
“No seu olhar” é descrito em terceira pessoa por um narrador onisciente. O livro é bem fluido e não apresenta dificuldades de interpretação, mas nos instiga a desvendar o caso policial em que os personagens estão envolvidos. A relação temporal da obra é linear e apresenta poucas analepses. Como de praxe nos romances publicados pela editora Arqueiro, não há ilustrações e a passagem de capítulos é bem simples.
Nicholas Sparks é um autor norte-americano famoso na literatura romântica contemporânea. Aos 31 anos lançou o primeiro livro e, desde então, já escreveu dezoito obras que venderam mais de 100 milhões de exemplares, em cinquenta idiomas. Onze delas foram adaptadas para o cinema e para a televisão.
Recomendo “No seu olhar” para aqueles que gostam de tramas com mistérios, sem deixar de lado o desenrolar de paixões. Essa é a primeira obra de Nicholas Sparks que eu leio e indico não só para amantes de romances contemporâneos, já que o enredo nos apresenta uma nova ótica sobre romances-quase-policiais. Os fãs do autor serão surpreendidos por mais essa reinvenção das histórias de Nicholas.


Bibliografia de NICHOLAS SPARKS (ordem cronológica):

Livros:
·         Diário de uma paixão (The Notebook) – Editora Novo Conceito (1996).
·         Uma carta de amor (Message in a Bottle) -  Editora Arqueiro (1998).
·          Um amor para recordar (A Walk to Remember) – Editora Novo Conceito (1999).
·         O Resgate (The Rescue) – Editora Arqueiro (2000).
·         Uma curva na estrada (A Bend in the Road) – Editora Arqueiro (2001).
·         Noites de Tormenta (Nights in Rodanthe) – Editora Novo Conceito (2002).
·         O Guardião (The Guardian) – Editora Arqueiro (2003).
·         O Casamento (The Wedding) – Editora Arqueiro (2003).
·          À Primeira Vista (At First Sight) – Editora Arqueiro (2006).
·           A Escolha (The Choice) – Editora Novo Conceito (2007).
·         Querido John (Dear John) – Editora Novo Conceito (2007).
·         Um Homem de Sorte (The Lucky One) – Editora Novo Conceito (2008).
·         A Última Música (The Last Song) – Editora Novo Conceito (2009).
·         Um Porto Seguro (Safe Haven) – Editora Novo Conceito (2010).
·         O Melhor de Mim (The Best Of Me) – Editora Arqueiro (2011).
·         Uma Longa Jornada (The Longest Ride) – Editora Arqueiro (2013).
·         O Milagre (True Believer) – Editora Arqueiro (2015).
·         Três Semanas com o Meu Irmão (Three Weeks with my Brother) – Editora Arqueiro (2015).
·         Noites de Tormenta (Nights in Rodanthe) – Editora Arqueiro (2015).
·         No seu olhar (See Me) – Editora Arqueiro (2016).
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Senti uma certa mudança com esse livro dele. Não deu cara de ser como muitos dos outros,tem uma romance e enredo mais interessante e ainda uma pitada de mistério. Espero que seja mesmo diferente, porque tem tantos desse autor que leio e parece mais do mesmo...

    ResponderExcluir
  2. Confesso que não sou uma grande fã dos livros desse autor, já que quase sempre ele coloca os mesmo elementos, mas eu estou muito curiosa em relação a esse livro, principalmente por envolver mistério, que é uma coisa que eu simplesmente amo, e também por abordar a questão do assédio. Enfim, espero gostar.

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!