Tecnologia do Blogger.

25/08/2016

10 Dicas de sobrevivência para a Bienal do Livro de São Paulo




Olá, queridos leitores! Sim! Eu vou para a Bienal do Livro de SP. Pensem na alegria estampada na minha cara enquanto escrevo este post! Vai ser minha primeira vez na edição de São Paulo e estou muito empolgado! Fui em três edições da Bienal do Rio e agora vou carimbar minha presença nesse evento que eu só ouvia falar e agora irei participar! Bom, o evento começa amanhã, mas eu irei no próximo final de semana. Anotem ai: dias 02, 03 e 04 estarei lá esperando vocês! Vamos conversar e tirar muitas fotos \0/. Então, sempre que o evento se aproxima eu faço uma check-list de coisas que eu preciso fazer para aproveitar da melhor forma o evento e quero dividir algumas dicas aqui com vocês. Vamos lá?

Obs: Clique nos itens para abrir o texto.

1- Ingressos Online

Nas Bienais temos fila para tudo: para entrar, para pagar, para pegar autografo, para ir ao banheiro, para encher garrafinha, para pegar ônibus/taxi... ufa. Esqueci algum? Provavelmente. Ganhe um pouco de tempo comprando seu ingresso online (link). Uma fila a menos, não acha?

2- Conforto em primeiro lugar

A Bienal é tipo uma maratona. São horas e horas e horas de coisas para fazer, lugares para ir, filas para encarar, multidão te acotovelando nos pavilhões onde estão os principais stands e quase nenhum lugar pra sentar. Então, monte o look mais glamuroso e estiloso que você conseguir com as roupas e sapatos mais confortáveis que você tiver no guarda-roupas! Você não querer que seu pique e sua disposição sejam prejudicados por uma roupa ou um sapato maravilhoso, mas nada prático certo? Conforto em primeiro lugar!

3- Planejamento é importante

Quais dias você está pensando em ir? Quais autores deseja ver? Quais as palestras deseja ouvir? Quais autógrafos deseja pegar? O que quer comprar? É muito importante se programar, pois a bienal é um evento de “mini eventos”. É importante fazer um roteiro do que quer fazer e uma lista do que quer comprar. Ninguém quer perder a sessão de autógrafos de seu autor favorito porque perdeu a hora, não é verdade? Faça uma lista das atrações que deseja conferir. Faça sua lista por dia, anote os horários certinhos e o local. Baixem o app exclusivo do evento. É uma mão na roda para se localizar.


4- Levem Temers dinheiro!

Sim, dinheiro. As filas para pagar com cartão de crédito costumam ser muito maiores do que as filas de quem vai pagar com dinheiro (ao menos no Rio é assim). E nem queira saber o tamanho da fila do caixa eletrônico! Só não se esqueça de guardar sua grana num local adequado. É a coisa mais fácil do mundo enviar a mão no bolso pra pegar o celular e, ao puxar, deixar cair o dinheiro que estava no mesmo bolso e nem perceber. Também não é bom dar bobeira porque, assim como em qualquer outro lugar onde haja uma aglomeração grande de pessoas, você corre o risco de algum malando meter a mão e levar sua carteira sem você nem notar.



5- A mochila/mala de rodinhas é seu companheiro inseparável

Essa é uma dica de ouro para todos! E mais ainda para quem é um leitor compulsivo por compras! Mochilas são ótimas companheiras, já me ajudaram em muitos eventos do tipo, mas depois do quinto livro e de várias horas andando, suas costas começam a pedir arrego. O esquema é o seguinte: você leva sua mochila ou bolsa para os itens essenciais e que deverão ficar o tempo todo com você; e leva também uma mala de rodinhas, dessas de viagem mesmo para guardar os livros que você vai comprar (o tamanho varia conforme a quantidade de livros). Então, quando você tiver comprado tudo, você leva essa mala e deixa no guarda-volumes (acredito que oferecem isso em SP também). Aí você passa o resto do dia aproveitando as atrações.

Preciso de uma dessas

6- Lanche e garrafa d'água

Aventureiros de primeira viagem, não se iludam: petiscos são mais que necessário! Você pode até argumentar que haverá uma praça de alimentação por lá. Mas sabe aquela história das filas gigantescas do item 1? Pois é. Isso sem falar nos preços! Se você já frequentou qualquer show, balada ou evento em que uma vez dentro não se pode sair e voltar depois, você deve ter uma noção do que são os preços dos alimentos por lá. Portanto, leve um lanchinho, até porque, se você vai passar o dia todo na Bienal – que começa pela manhã e termina a noite – você não vai se aguentar só com o almoço. Outra coisa importantíssima: leve uma garrafinha de água e vá reabastecendo nos bebedouros. E sim, haverá filas enormes neles também. Você não quer passar sede, não é mesmo? Seu corpo agradece!

7- Power bank, o melhor companheiro do seu celular

Fotos, vídeos, compartilhamentos, bate papo, mais fotos... o seu celular, por mais parrudo que seja não aguenta um dia inteiro de uso constante registrando todas as coisas na bienal (são muitas coisas!). É bom ter um Power Bank a disposição. Já pensou se na Bienal tem uns Pokéstop? Então é bom levar dois Power Bank! xD

Alguns modelos de carregadores portáteis

8- Ônibus gratuito

Eu achei legal isso (nunca vi no Rio). Existem ônibus gratuitos que te levam para o evento. Pelo que vi por ai, eles vão da estação Tietê do Metrô (Linha 1 Azul – Norte-Sul) durante todos os dias da semana e ida e volta a partir do Terminal Rodoviário e estação da Barra Funda (Linha 3 Vermelha – Leste-Oeste) apenas nos finais de semana. E claro, tem filas, mas né, gratuito. Muito melhor do que perder tempo no engarrafamento ou pagar Táxi ou Uber para ir lá. Isso pode ser a diferença de você ter ou não um livro (ou mais de um) a mais na sua estante.

9- O dia das compras

Outra dica de ouro para quem pretende aproveitar a Bienal para abarrotar as estantes: separe um dia para fazer comprar e foque nisso. Escolha um dia mais calmo, que não tenha muitas atrações ou sessões de autógrafos de autores muito badalados (preferencialmente um dia em que não haja muitas atrações que VOCÊ queira ver). Se puder, faça seu “Dia de Compras” no meio da semana porque os sábado e domingo são os dias com maior público e todos os stands ficam LOTADOS. Nesse dia, aproveite a calmaria e ande por todos os stands, veja os títulos que te interessam, veja as promoções e compre tudo o que tinha planejado comprar (lembre-se do planejamento!. Assim você poderá aproveitar os outros dias pra conferir toda a programação que a Bienal oferece.

Quem se identifica com a imagem?

10- Divirta-se!

A Bienal é um evento muito divertido onde você vai poder encontrar amigos, outros leitores, autores, editoras, marcadores, livros... É uma experiência única que vale a pena cada segundo! Então divirta-se e saia de lá realizado! 


É isso, leitores. Estou muito animado aqui! Espero que quem for aproveite muito esses primeiros dias e postem muitas fotos para eu ver! Se tiverem alguma dica bacana para compartilhar, comente! Vai que sua dica me ajude a aproveitar melhor a bienal ;)


Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Boas dicas! Leve temers, ai Deus >.<
    Queria tanto ir! Mas dá? Não, não dá.
    Aí fica minha dica de sobrevivência pra quem não tem Bienal: twitter, facebook e instagram xD
    Só nas fotinhas e vídeos mesmo.

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!