Tecnologia do Blogger.

23/01/2017

Pelos caminhos mais sombrios, contos do mestre do terror

Olá, queridos leitores! Tudo certinho? Vamos de mais um livro da coleção Medo Clássico, lançada pela DarkSide? Já andei falando por aqui, recentemente, sobre a nova edição de Frankeinstein, que está maravilhosa, inclusive. Agora é a vez de Edgar Allan Poe, o mestre dos mestres da literatura fantástica, ganhou uma novíssima coletânea de seus contos, é sobre ela que vamos falar hoje, continuem lendo para saber mais. 😝

" - Por que eu deveria? Só porque você me convocou, não quer dizer que é o meu chefe."

Conhecidas mundialmente, as obras de Poe são sinônimos de grandeza e genialidade. Seus personagens são eternos. A prosa e poesia foram escritas à pena, manchadas de sangue. Uma mistura inigualável.


Sobre a obra:


Nada melhor do que começar pelo prefácio, não é mesmo? Nessa obra, este foi escrito pelo poeta Chales Baudelaire, um grande e assumido admirador de Poe. Caminhando por entre as páginas podemos encontrar contos divididos em blocos temáticos, o que ajuda na hora de visualizar a abrangência da obra. Tem de tudo no universo de Edgar, morte, narradores homicidas, mulheres imortais, aventuras, as histórias do detetive Auguste Duplin, personagem que serviu de inspiração para Sherlock HolmesApresenta ainda “O Corvo” na sua versão original, em inglês, além de reunir suas mais importantes traduções para o português: a de Machado de Assis (1883) e a de Fernando Pessoa (1924). Contendo 384 páginas, o livro vai ganhar um segundo volume, que já está sendo organizado pela Dark

Sobre o autor:


Tudo o que hoje conhecemos como terror começou a ganhar forma na obra de Edgar Allan Poe. Stephen King, Clive Barker ou H.P. Lovecraft são apenas alguns de seus discípulos mais sombrios. Porém, com certeza não são os únicos. Desde o século XIX, o criador de “O Corvo” vem influenciando gerações de escritores consagrados, dos mais diversos gêneros, como Henry James, Franz Kafka, Arthur Conan Doyle, Júlio Verne, Vladimir Nabokov, Oscar Wilde e Jorge Luis Borges.


Edgar Allan Poe faz um sucesso enorme, não há como negar, tanto que já teve diversas de suas obras traduzidas, vive aparecendo em componentes da cultura pop, até mesmo em desenhos como Os Simpsons e em quadrinhos como os de Neil Gaiman.

É isso ai gente, espero que tenham gostado de saber um pouco mais sobre essa obra. Se quiserem explorar o livro da mesma linha Medos Clássicos, Frankeinsten, cliquem no nome. Não deixem de comentar e compartilhar esse post, seria de muita ajuda, além do mais, é sempre bom conversarmos. 💬

Beijão!!! 😉💖




Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. SArah!
    Fico tão feliz em ver que a DarkSide tem resgatado ´timos autores e dado uma nova roupagem aos seus livros.
    Falar de Edgar Allan Poe é chover no molhado, só nos cabe apreciar sua obra em tão grande estilo.
    Semaninha De muita luz e paz!
    “Existe apenas um bem, o saber, e apenas um mal, a ignorância.” (Sócrates)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Essa linha está tudo de bom, Rudy. Uma semana iluminada para você também. ;)

      Excluir
  2. A capa desse livro é demaaaaaaais! Eu tenho um livro só do Poe e confesso que ainda não li todo ahsuidhsuia, mas queria comprar esse só por causa da capa LOL. O Frankenstein também fiquei babando.

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As capas da Dark são sempre maravilhosas, eu compraria todos só pelo corpinho, kkk. Beijos, Vick! Obrigada por comentar. ;)

      Excluir
  3. Nunca tive a oportunidade de ler, Edgar Allan Poe, mas suas obras sempre me intrigaram. Já vi o filme que apenas me deixou com mais vontade ainda de ler suas obras. Obrigado pela dicas e informações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, João! Por nada, imagina. Invista no Poe mesmo, um terror é sempre bom para refletir sobre os anseios da alma, haha. ;)

      Excluir

Deixe o seu comentário!