Tecnologia do Blogger.

21/03/2017

RESENHA - ESCÂNDALO DE CETIM (Loretta Chase)

Ficha técnica:
Referência bibliográfica: CHASE, Loretta; tradução de Simone Reisner. Escândalo de Cetim. 1ª edição. São Paulo: Arqueiro, 2016. 272 páginas.
Gênero: Romance de época.
Temas: Modistas. Moda europeia.
Categoria: Literatura Estrangeira. Literatura norte-americana.
Ano de lançamento: 2016.
Série: As Modistas. Sedução da Seda (livro 1); Escândalo de Cetim (livro 2); Volúpia de Veludo (livro 3); Romance entre Rendas (livro 4).








“Porque, por um curto período de tempo, ela soubera como era viver de verdade no mundo dele, e não como uma intrusa. Por um curto período, ela soube como era ser especial naquela maneira curiosa que seus ancestrais foram: não porque tivessem sido grandes artesãos, inventores ou corajosos soldados, ou porque tivessem contribuído com algo de valor pra a humanidade, mas porque haviam nascido especiais: eram aristocratas de verdade.”
*Escândalo de Cetim (pág. 249).

Sophia, a irmã do meio das Noirot, nunca se deu ao luxo de se distrair além dos negócios da família. Ela não tem a habilidade de Marcelline com as mãos para criar belíssimos vestidos e nem a inteligência da caçula Leonie, mas é uma verdadeira trapaceira. A agilidade e familiaridade com os segredos das ruas são imprescindíveis para manter a Maison Noirot de pé, já que a mais rica e famosa cliente, lady Clara Fairfax, decidiu fugir de Londres.
Ao lado do irmão de Clara, lorde Longmore, Sophia embarca em uma aventura atrás da jovem que fugiu do noivo desastroso que arrumara. Sophia descobrirá terras nunca antes vistas e sentimentos até então desconhecidos.
Que Loretta Chase sabe fisgar um leitor não é uma novidade – mas ela conduz uma história regada de detalhes históricos de uma forma graciosa. No segundo volume da série “As Modistas” mergulhamos na vida de Sophia Noirot, a loira de olhos azuis com o dom de enganar a todos para conseguir o que quer. A personagem possui características de uma verdadeira espiã, em pleno século XIX: ela se infiltra em círculos sociais e descobre segredos terríveis da aristocracia londrina. Além de ser a mais engenhosa das três irmãs, Sophia é a colunista secreta do Morning Spetacle, o tabloide das fofocas mais quentes de Londres.
A personagem nos cativa por desenvolver emoção em todos os instantes da vida dela. Os olhos profundos e a personalidade forte fisga, mesmo sem querer, o conde de Longmore – um homem rico de vida fútil e cabeça-dura, como de praxe nos mocinhos de romances de época. Chase merece aplausos por conseguir reunir a história do primeiro livro, “Sedução da Seda”, com a do segundo sem embaralhar os rumos ou esquecer-se de algo. Como no livro anterior, Lady Clara Fairfax, irmã de Longmore, ainda é a peça central meio sem graça que amarra o desenrolar do enredo.

As capas dos livros da série são delicadas e retratam a ligação com a moda

   “Escândalo de Cetim” é narrado em terceira pessoa por um narrador onisciente. A trama é bem fluida e não apresenta dificuldades para acompanhá-la. O foco narrativo se restringe à tentativa de Sophia e Longmore de acharem a irmã dele – nessa aventura os dois se aproximam. A relação temporal é linear e só voltamos no tempo a partir do diálogo dos personagens. Como no primeiro livro da série, cada capítulo de “Escândalo de Cetim” inicia com uma citação de um periódico que nos revela um pouco mais sobre os costumes da época. 
Loretta Chase é formada em inglês pela Clark University, local em que, algum tempo depois, dividia o tempo entre ensinar e escrever. Ela publica romances de época desde 1987 e já ganhou vários prêmios por alguns deles. Ela também é autora de “O Príncipe dos Canalhas e “O Último dos Canalhas."



   Esse título é um típico romance época de autores contemporâneos: com mocinhos aristocratas com má reputação e mulheres que se apaixonam por eles. O que ele apresenta de diferente, porém, é uma mocinha arrojada e que, definitivamente, não precisa se casar para satisfazer a vontade da família ou da sociedade. As obras de Loretta Chase são assim: unem o esperado ao inconveniente. E o resultado não poderia ser melhor. Os amantes de romances de época talvez devem se render aos encantos da moça. Quem não tem familiaridade com esse gênero, recomendo começar por essa série, que deve ser lida na sequência para melhor envolvimento nos enredos.


Bibliografia de LORETTA CHASE (ordem cronológica):

  • O Visconde Vagabundo – Editora Signet (2004).
  • O Príncipe dos Canalhas - Editora Arqueiro (2015).
  • O Último dos Canalhas – Editora Arqueiro (2015).
  • Sedução da Seda – Editora Arqueiro (2016).
  • Escândalo de Cetim – Editora Arqueiro (2016).
Top Comentarista n°21: clique para participar

Comentários
8 Comentários

8 comentários:

  1. Oi.
    Eu quero muito ler essa série, adoro essas capas e achei a premissa bem interessante, apesar de clichê.
    Fiquei curiosa para saber se eles encontram a irmã, adorei saber que as transitórias, são meio que interligadas.
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marlene! A trama é engraçada e atemporal. Eu tenho ficado contente ao término de cada livro da série até agora... Vamos ver até o fim.

      Beijos.

      Excluir
  2. Amo a escrita da autora e estou louca pra conhecer essa série.
    Sou completamente apaixonada por romances de época e esses estão na minha listinha de desejados.
    Parece ser histórias super delicinhas e apaixonantes.
    Sua resenha, a repeito do segundo livro, me deixou ainda mais animada, sério.
    Espero poder conferir a série em breve!
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol! Tenho certeza que você irá se apaixonar pelas irmãs Noirot.

      Boa leitura.

      Beijos.

      Excluir
  3. Isadora!
    bom ver que os protagonistas se unem em busca da irmã de um deles e acabam se apaixonando e trazendo um romance delicioso d ser lido.
    Melhor que não é um romance tão convencional, né?
    Quero muito poder apreciar a leitura.
    “Não ganhe o mundo e perca sua alma; sabedoria é melhor que prata e ouro.” (Bob Marley)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rudy! O livro tem muitos clichês, mas também traz elementos novos. Um deles é a segunda face da personagem principal: ela é uma das colunistas mais lidas do jornal de fofocas da época.

      Excluir
  4. Oi Isadora,
    O que gosto desta protagonista é que ela não faz o estilo mocinha indefesa, ela tem personalidade e sabe o quer. E como é corajosa em ir em uma missão de resgate com alguém que ela não conhece e fico só imaginando as confusões que ela e o Conde de Longmore irão se meter no caminho. O romance entre os dois deve ser bem intenso devido suas fortes personalidades e muito divertido. Fiquei muito interessada em conhecer esta série e essas irmãs nada convencionais!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gislaine! As irmãs Noirot não são nada comuns, realmente. Acredito que a força e independência delas é o ponto forte da trama. Estou ansiosa para ler os outros volumes da série!

      Beijos.

      Excluir

Deixe o seu comentário!