Tecnologia do Blogger.

01/04/2017

RESENHA – Princesa de papel (Erin Watt)

Erin Watt
Ficha técnica:
Referência bibliográfica: WATT, Erin. Princesa de papel – série “The Royals”. 1ª edição. São Paulo, Essência (selo da editora Planeta), 2017. Tradução: Regiane Winarski . 368 p.
Gênero: Romance, New Adult
Temas: strip-tease,
Categoria: Literatura Estrangeira; Literatura americana
Ano de lançamento: 2016 nos Estados Unidos da América e 2017 no Brasil
Série: Princesa de papel (Livro 1)

“O destino é para os fracos, pessoas que não têm poder ou força para moldar a vida como precisam que seja. Ainda não cheguei lá. Não tenho poder suficiente, mas terei um dia.”
Princesa de papel – Livro 1. (posição 462 – E-book via Amazon)

Queridos leitores, uma das coisas que me chamou a atenção para este livro foi a capa. Admito! Eu adoro tudo que tem relação com príncipes e princesas. Ainda mais que ele faz uma analogia com a Cinderella.
Aqui vamos conhecer a Ella Harper, uma adolescente de dezessete, que trabalhava como stripper para se sustentar. Para trabalhar na boate, ela usava a identidade da sua falecida mãe – Margaret Harper, que também era stripper. Desde quando a mãe descobriu que tinha câncer, a Ella precisou assumir as dívidas do hospital, além da alimentação, e a única saída que ela encontrou para conseguir o dinheiro necessário seria vender drogas, se prostituir ou tirar as roupas. Por isso, ela optou por fazer strip-tease, mesmo sendo menor de idade. Triste, não é mesmo?
Daí você pensa: nossa, coitadinha da Ella. Sim, ela não queria continuar nessa vida, seu desejo era sair do ensino médio e entrar para a faculdade e tentar vencer na vida. Mas não pensem que ela era daquelas personagens que ficavam lamentando nos cantos pelo seu destino. Muito pelo contrário, a Ella era muito forte e determinada, por isso, conquistou-me com seu jeito de nunca se sentir inferior a ninguém.
Um belo dia, apareceu na escola dela o Calum Royal, que se apresentou como o seu novo tutor, haja vista que ele era o melhor amigo do pai dela, que também havia morrido, e que até então ela só sabia que se chamava Steve. Os dois eram sócios de uma empresa que construía aviões. Eles eram bem ricos. O Calum, quando descobriu que o amigo tinha uma herdeira, ele contratou um detetive para que a localizasse.
A Ella foi morar com ele e seus cinco filhos (Gideon, Reed, Easton, Sawyer e Sebastian), todos com a idade próxima da dela, porém, apenas o Gideon já estava na faculdade. Os garotos não a receberam muito bem. Para eles, a Ella queria apenas usurpar o dinheiro e a atenção do pai deles.
O Reed foi o que mais pegou no pé dela. Ele é aquele personagem que faz as garotas suspirarem pelos cantos. Além de bonito, ele tinha um jeito de bad boy. Com a personalidade forte, ele liderava todos ao seu redor. Desde quando ele e a Ella cruzaram o olhar, foi possível perceber a química entre eles, afinal, ela era uma garota desafiadora e que não baixaria a “guarda” para ninguém, muito menos para ele.
O Calum namorava a Brooke. Todavia, ele não queria nada mais sério com ela, pois o seu coração sempre pertenceria a sua falecida esposa, Maria. Os filhos dele também não aceitavam a namorada do pai, que era bem mais nova que ele. No início, a Brooke ajudou a Ella, porém, no decorrer da história, é possível perceber que ela tinha algumas atitudes estranhas, que não comentarei aqui.
Em alguns momentos eu quis dar umas chacoalhadas na Ella e uns tapas no Reed. Esses dois ainda têm muito o que amadurecer.
Apesar de ter gostado muito da história, achei confuso o desfecho do livro. Confesso que não
Ella e Reed
Ella e Reed.
Fonte: facebook - Bexlovesbooks
gostei muito. Porém, como a história é um trilogia, espero que a autora consiga dar uma explicação melhor.
A autora do livro, Erin Watt, é cria de duas autoras campeãs de vendas (pseudônimo das autoras Elle Kennedy e Jen Frederick), reunidas pelo amor por grandes livros e pelo vício em escrever. Elas compartilham uma imaginação criativa. Seu maior amor? (Depois das famílias e dos bichos de estimação, claro.) Criar ideias divertidas e, às vezes, malucas. O maior medo? Romper. Você pode fazer contato com elas pela conta de e-mail compartilhada: authorerinwatt@gmail.com.
O livro possui 35 capítulos, e é narrado de forma linear cronológica em primeira pessoa, pelo ponto de vista da Ella. Como a escrita é excelente, a leitura flui que é uma beleza.
Infelizmente, ainda não estão disponíveis os outros títulos aqui no Brasil. Agora é torcer para andar bem rápida essa publicação.

Bibliografia de Erin Watt (ordem cronológica):

Princesa de papel
Elle Kennedy e Jen Frederick

Livros: 
  • Princesa de papel – Essência (2017)
  • Broken Prince – sem previsão para ser lançado
  • Twisted Palace – sem previsão para ser lançado

Top Comentarista n°1: Clique para participar
Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. Oi Gabi,
    Quando li a sinopse deste livro percebi que não era nada do que tinha imaginado. Por ser de um gênero que adoro e ter um forte teor dramático, estou com as expectativas bem altas para esta história, apesar de me parecer muito clichê. O encontro de Ella com os irmãos Royals tem tudo para dar errado, só de ler sobre as personalidades dos irmãos dá para ver que a convivência será difícil, então já prevejo muitas desavenças e conflitos. Sei que é um livro new adult (apesar da idade dos protagonistas) e daí já se imagina onde essa história vai dar, mas espero que as autoras consigam ir além e acrescentem algumas surpresas na trama.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gislaine, eu gostei do livro. Só o final que deixou a desejar :)

      Excluir
  2. Gabi!
    Duas boas autoras só poderiam escrever um livro bom.
    Achei original aparecer alguém do nada para cuidar de Ella, embora ela sofra muito na mão dos filhos do seu tutor, mas pelo visto, rola um romance gostosinho e só isso já valeria a pena a leitura.
    Desejo um mês repleto de realizações e uma semana de luz e paz!
    “ Eu creio que um dos princípios essenciais da sabedoria é o de se abster das ameaças verbais ou insultos.” (Maquiavel)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  3. Curto bastante histórias voltadas a realeza também, com príncipes e tudo mais <3
    Estou bem curiosa em relação a essa leitura.
    Parece ser bem delicinha! Só vejo comentários positivos.
    Ganhei o livro faz pouco tempo e só estou esperando chegar para devorar ele haha
    Quero muito ler a outra série da Elle Kennedy também.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  4. Não sabia que o livro falava sobre isso!
    Eu super pensei que fosse uma distopia e tals!
    Gostei. Amo livros românticos com um bad boy no meio!
    Vou ver se consigo comprar!

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!