Tecnologia do Blogger.

05/09/2013

FANFIC - Anything Could Happen - Capitulo 1


Título: Anything Could Happen
Capitulo: 1 - And the secret I’ve been trying to hide.
Classificação: 18+
Gênero: Romance, Ação, Drama, Fantasia.
Original: Teen Wolf
Aviso: Homossexualidade


Sinopse: Antes de morrer, Jennifer lança uma maldição sobre Derek, dizendo que a mesma só chegaria ao fim, quando o lobo fizesse alguém de coração puro se apaixonar por ele. Mas o tempo de Derek estava correndo, ele só teria até a quinta lua cheia, ou se transformaria permanentemente em uma besta horrenda, esquecendo-se completamente de quem ele é e dos que lhe são importantes.


Anything Could Happen

And the secret I’ve been trying to hide.


            Depois da partida de Derek, foi inevitável a sensação de vazio, de que havia algo faltando entre os jovens do pack. A cidade de Beacon Hills estava em paz novamente, e embora eles estivessem torcendo para que o lobo estivesse bem, eles o queriam de volta.
            Scott agora era o novo alfa, os gêmeos Ethan e Aiden decidiram ficar na cidade, mas sem entrar para o pack de Scott, apenas como amigos mesmo. Todos estavam muito bem. A única coisa que faltava era Derek Hale ao lado deles. Eles tentavam superar a partida de Derek, e alguns até usavam como desculpa o fato dele ser rabugento o tempo todo, do modo grosseiro como tratava a todos, mas ele ainda era parte da família.

            Era um dia de escola normal, como todos os outros. Os garotos estavam almoçando juntos no refeitório externo da Beacon Hills High School, quando Cora apareceu e foi até eles.
            - Cora! O que faz aqui? – perguntou Isaac. – Achei que você e Derek tivessem ido embora.
            Todos olharam para a Hale mais nova, que estava em frente à mesa deles. O pack inteiro estava ali, Isaac e Allison, Lydia e Aiden, Danny - que agora sabe sobre lobisomens e sobre o pack, já que Ethan lhe contou tudo o que precisava ser contado – e Ethan, Scott e Stiles. A garota Hale parecia preocupada, então foi direto ao ponto.
            - Nós voltamos, Isaac. – disse ela – E nós precisamos da ajuda de vocês.
            - O que Derek aprontou dessa vez? – Stiles perguntou com seu tom irônico habitual.
            Cora olhou fundo nos olhos de Stiles e continuou a falar, ignorando totalmente o que o garoto havia dito.
            - Derek não está bem. – ela disse – Ele está doente. E nós tivemos que voltar para que ele pudesse ver Deaton, só que eu não estou conseguindo aguentar as pontas sozinha e gostaria muito da ajuda de vocês nisso, pessoal.
            Eles se entreolharam e depois voltaram seus olhares para Scott, que afinal, era o alfa do pack. Só ele diria se eles poderiam ou não visitar Derek, mesmo que eles já soubessem a resposta.
            - Sim, Cora. – disse Scott – Nós ajudaremos.
            A garota sorriu para Scott, agradecendo pela colaboração. Seria bom para Derek, estar cercado de amigos num momento tão ruim como esse.
            Foi quando Stiles se levantou e parou a frente de Cora.
            - Desculpe Cora. Mas eu estou fora. – disse ele.
            - O que? Por quê? – perguntou Scott.
            - Bom, vamos começar. – Stiles começou a dizer – Primeiro, ele se envolve com aquela vadia da Jennifer, colocando todos nós em perigo e nossos pais também. Segundo, ele foi embora sem nem se importar com a gente e agora volta esperando a nossa ajuda? E terceiro, Derek sempre se mete em confusões, e eu estou cansado de me envolver nos problemas dele. Desculpe Cora, mas a resposta ainda é não. Se Scott e os outros quiserem ajudar, por mim tanto faz. Mas eu não vou me envolver nisso.
            Todos olhavam para Stiles com surpresa, pois ele foi extremamente frio em seu comentário.
            - Tudo bem, Stiles. – respondeu Cora – Sem problemas.
            - Obrigado – disse ele, pegando suas coisas e se preparando para sair dali – e foi muito bom ver você. Boa sorte com isso. Até qualquer hora.
            Stiles seguiu para dentro do pavilhão escolar e deixou seus amigos ali, sem se importar com o que eles pensavam sobre o assunto, ele que não iria se sujeitar a confusões com o sobrenatural, por causa de Derek Hale. Não mais.
            - Desculpe o Stiles, Cora. – começou Lydia, que seguida pelos outros, levantou-se da mesa e foi para o lado da garota Hale – Ele não se adaptou muito bem com tudo o que houve. Ainda faz acompanhamento com a senhorita Morell e está tentando seguir em frente. Ele não fez por mal.
            - Sem problemas, Lydia. Eu entendo. – respondeu Cora.
            - Bom, onde vocês estão ficando? – perguntou Scott.
            Cora olhou desconfiada para os gêmeos. Por mais que eles tivessem ajudado quando Kali veio atrás de Derek, ela ainda não confiava plenamente nos dois.
            - Está tudo bem, Cora. – disse Isaac – Eles estão do nosso lado agora.
            - Mas ainda assim, eles não são do pack de Scott e são alfas. Não posso simplesmente confiar neles, depois de tudo o que houve com Deucalion. – respondeu Cora.
            - E é por isso que você deveria confiar em nós, Hale. Fomos nós que abandonamos nosso pack para ajudar seu irmão. – Aiden disse indo até Cora e olhando em seus olhos.
            Ethan foi até seu irmão e o segurou. Ele detestava essa mania que seu gêmeo tinha de tentar ser o “bad boy” da vez. Isso era um saco!
Cora, ignorando os gêmeos, voltou-se para Scott e disse que eles estavam no antigo loft.
            - Certo, nós vamos para lá depois da aula. – disse Scott fazendo a promessa para a jovem Hale.
            - Tudo bem. Ficarei esperando por vocês. Agora preciso ir, deixei Derek no Deaton para vir até vocês e preciso busca-lo. – disse Cora finalizando a conversa com um aceno de cabeça e indo embora dali.

_._._._

            - Você tem certeza de que não tem como reverter isso? – perguntou Derek.
Derek estava sentado em uma cadeira no consultório de Deaton, enquanto esse estava em pé, olhando para o jovem Hale que parecia bastante abatido.
            - Absoluta. O único modo de acabar com o feitiço, é como Jennifer te disse. – respondeu Deaton.
            O Hale chutou uma maca que havia próxima a ele, em um acesso de raiva. Ele tinha esperanças de que Deaton pudesse ajuda-lo com isso. Agora tudo estava perdido. A quinta lua chegaria e ele se transformaria na besta para sempre, sem poder voltar a ser humano, sem sequer se lembrar de quem era próximo dele.
            - Eu entendo sua raiva, Derek. Mas chutar macas não vai te ajudar com isso. – disse Deaton.
Derek respirou fundo. A culpa não era do veterinário, era dele.
            - Desculpe, você tem razão. – ele disse.
            - Espero que você consiga superar isso, Derek. Honestamente. – disse Deaton se aproximando de Derek e colocando uma mão sobre o ombro do mais jovem. – Mas tirando isso, se você precisar de ajuda em alguma coisa, conte comigo. Prometi para sua mãe que ajudaria os filhos dela sempre que precisassem.
            Derek agradeceu e decidiu ir embora. Ele fez um esforço para se levantar da cadeira e seguiu cambaleando até a porta da clínica veterinária, onde por sorte, Cora havia acabado de passar.
            - Está tudo bem? – perguntou ela olhando para Deaton, enquanto segurava seu irmão.
            - Sim, apenas quero ir para casa. – respondeu Derek, apoiando-se em Cora.
            Era evidente que ele não estava bem, isso Cora podia ver, mas não queria discutir com o irmão novamente, poderia deixa-lo mais fraco.
            - Vou passar algumas vitaminas para ajudá-lo a se sentir melhor, espero que funcione. – disse Deaton indo em direção ao armário de remédios da clínica e pegando algumas caixas que o veterinário entregou para Cora.
            - Ok, obrigada. – disse Cora.
            Eles então foram embora dali, Derek apoiado sobre Cora, que fazia um esforço imenso para carregar seu irmão mais velho até o carro, sem deixá-lo cair, enquanto levava os remédios que Deaton havia lhe entregado.

_._._._._

            O sinal do último tempo havia acabado de tocar e todos se reuniram em frente a saída. Stiles seguiu com Scott e Isaac até o estacionamento de alunos, onde estavam Lydia, Allison, os gêmeos e Danny.
            - Tem certeza que você não quer ir, Stiles? – perguntou Scott.
            - Absoluta. – respondeu Stiles – Não quero ficar me envolvendo nos problemas de Derek, não dessa vez.
            O que Scott e os outros não sabiam, era que Stiles havia ficado bastante abalado com o romance de Derek e Jennifer. Ele havia começado a nutrir alguns sentimentos confusos em relação ao lobo que fizeram com que ele ficasse muito mal ao descobrir sobre o romance.
 - Tudo bem, então. – disse Scott – Nós já vamos. Quer que eu passe na sua casa depois, pra gente conversar?
- Não, não precisa Scott. – respondeu Stiles – Apenas certifique-se de que Derek não vai fazer nenhuma bobagem, ok?
- Ok, até mais. – disse Scott indo em direção aos outros, acompanhado de Isaac.
Stiles apenas acenou para eles e seguiu para o seu Jeep. Ele só queria ir para casa, e que se dane Derek Hale.

O garoto Stilinski foi direto pra sua casa, sem fazer nenhuma parada. Quando chegou em casa, subiu direto para seu quarto e caiu em sua cama. Não queria pensar em nada, queria esquecer tudo o que aconteceu. O sentimento que começou a ter por Derek Hale, o sequestro de seu pai, a vadia da sua antiga professora de literatura, a volta de Derek para Beacon Hills, tudo o que o fazia sofrer. Esse era o único desejo de Stiles naquela hora.

_._._._._

- Ele é um ingrato! – disse Scott com raiva – Nós não devíamos nem estar aqui ajudando ele. Stiles tinha razão, Derek só se mete em problemas!
Cora respirou profundamente e olhou para a porta. O irmão estava de cama, dentro do loft. E ela conversava com Scott, Isaac e Allison, que haviam sido os únicos que ficaram depois que Derek começou a agir como sempre, tratando todos com grosseria.
- Eu posso ouvir vocês! – gritou Derek do lado de dentro.
Os jovens reviraram os olhos. Derek estava mais rabugento do que de costume, o que acabava com a paciência de qualquer um.
- Por favor, gente. Peço um pouco de paciência. – disse Cora, em tom de súplica – É a doença. Está afetando o emocional dele, por isso que ele está agindo assim.
Os jovens entreolharam-se. Mesmo que Derek fosse rabugento, eles não podiam deixar Cora aguentar tudo isso sozinha. Seria cruel, e Scott não era assim. Eles fariam um esforço para aturar Derek, mesmo ele sendo grosseiro.

Tempos depois, na segunda lua cheia...

Foi a coisa mais assustadora que os garotos viram. Nunca tinham presenciado nada como aquilo. Eles estavam sofrendo também os efeitos da lua, quando Derek se transformou novamente na besta. A pedido de Scott, Allison e Lydia foram embora do local antes que começassem a sofrer com a lua cheia, então, as garotas não chegaram a ver Derek naquele estado.
- O que ele tem Cora? – perguntou Scott assustado.
- É a doença! Ele sofre a cada lua cheia. – ela respondeu.
Os jovens olharam para ela num misto de confusão e medo.
- Como assim? – perguntou Isaac.
- Ele se transforma nessa besta, já é a segunda vez que acontece. – Cora respondeu novamente – Sempre na lua cheia, começou depois que ele lutou contra Jennifer. Ele se transforma nessa criatura bizarra. Scott, cuidado!
A garota avisou Scott antes que Derek, ou melhor, antes que a besta atingisse o garoto. Scott se afastou e Isaac olhava para aquilo assustado.
- O que faremos? – perguntou ele para Cora.
- Eu não sei! Eu fugi da última vez. – disse ela.
Scott então se juntou a eles, deixando a besta no outro extremo do loft. Eles olhavam para Derek sem saber o que fazer.
- Ele vai matar a gente! – disse Isaac.
- Não. Nós somos maioria! – disse Scott – Vamos tentar desacordá-lo e esperar o efeito da lua acabar.
Então os três partiram para cima de Derek, que os atacava sem pensar. Eles se uniram e, juntos, fizeram com que a besta desmaiasse. No fim das contas, todos estavam machucados e extremamente cansados, mas conseguiram impedir Derek de fazer algo pior.

No outro dia, na escola. Scott e Isaac estavam extremamente cansados, quando Stiles os viu. Allison dava apoio aos garotos conforme conseguia, e até Lydia, para o desgosto de Aiden, ajudava os rapazes.
- O que houve? – perguntou Stiles aproximando-se do grupo.
Scott olhou para o amigo com uma expressão cansada.
- Ontem foi noite de lua cheia. E bom, Derek não estava bem. – respondeu ele.
- O que ele fez dessa vez? Foi ele que deixou vocês dois assim? – perguntou Stiles novamente, apontando para o amigo e Isaac.
- Ele está doente, Stiles. – respondeu Isaac – A cada lua cheia, Derek se transforma em uma besta, pior que a transformação total de um alfa. Foi assustador!
Stiles fica boquiaberto com que os amigos lhe diziam. Não era possível, Derek doente? Ele não conseguia acreditar. Preferia pensar que era mais alguma confusão que o Hale havia se metido e buscado ajuda de seu amigo para sair dela. Esse era o Derek.
Mas o garoto também ficou preocupado com Derek. Ele queria saber o que ele tinha, se era perigoso. Ele começou a pensar nisso e nem se deu conta de que os lobos ali presentes podiam escutar seus batimentos e captar suas emoções.
- Está tudo bem, Stiles? – perguntou Scott olhando nos olhos de seu amigo, e com isso fazendo com que todos ali presentes voltassem sua atenção para o Stilinski.
Stiles viu que todos olhavam para ele e respirou fundo. Ele não podia deixar transparecer sua preocupação ali, não na frente de todos. Precisava se controlar.
- Sim, está tudo bem sim. – respondeu ele, respirando fundo. – Apenas dormi mal, pesadelos.
Mentira, Scott percebeu. Mas preferiu não constranger o amigo ali na frente de todos, mesmo sabendo que alguns perceberiam.
- Então, vamos para a aula? – perguntou Stiles forçando um sorriso.
Todos se levantaram do banco onde estavam e seguiram o garoto para dentro do pavilhão escolar.
Stiles e Scott teriam aula juntos no primeiro tempo. Química no laboratório. Seria a hora perfeita para Scott conversar com seu amigo.
Eles chegaram ao laboratório e sentaram-se em dupla, como sempre faziam.
- Então, vai me contar a verdade agora? Não estamos mais com os outros. – disse Scott.
- Tá, admito. Fiquei preocupado, quando vocês falaram o que aconteceu ontem. Achei que fosse apenas mais alguma confusão que Derek tivesse se metido, e de repente ele está doente.  Não tenho um coração de pedra, Scott! – respondeu Stiles.
Scott riu do amigo, era engraçado ver Stiles falando assim de Derek.
- Então por que você não quer ir vê-lo? – perguntou ele.
- Por isso, porque eu achei que ele estivesse se metido em alguma outra confusão. – respondeu novamente Stiles – Já basta o que houve com meu pai, não?
Nem tudo era mentira, o que deixou Scott confuso ao reparar nos batimentos do amigo.
- Tudo bem, eu entendo. – disse Scott.
A aula ocorreu normalmente, e eles não tocaram mais nesse assunto. Depois disso, Stiles seguiu para as outras aulas. Ele não teria mais aula com Scott naquele dia.
Quando chegou a hora do almoço, eles se reuniram novamente no refeitório, como sempre faziam. Mas Stiles parecia diferente, ao ver de Scott. Tinha algo no amigo que havia mudado. Ele esperou Stiles chegar até a mesa e sentar-se com eles.
- Está tudo bem? – perguntou Scott.
- Eu vou com vocês hoje visitar Derek. – disse Stiles, sem dar atenção a pergunta do amigo.

< Capitulo Anterior - Próximo Capitulo >               


Autor: Raphael Fernandes
Idade: 18 anos
Localidade: Brasília
Redes Sociais: Facebook, Twitter, Tumblr
Quer saber como enviar o seu conto? Clique aqui.


Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Interessante observar a visão das pessoas sobre vários assuntos. Muito bom.

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!