Tecnologia do Blogger.

19/01/2015

“Melhor que ler três livros, é ler um, mas lê-lo atentamente”


Hoje vim falar de um tema recente e provavelmente para vocês leitores não é novidade, mas para outros é uma forma de incentivo. O Enem deste ano divulgou que as pessoas que leem mais livros tiraram notas melhores na redação (matéria da Folha). Então a leitura além de prazerosa pode sim trazer benefícios para sua vida social. Ensinando-o a falar e escrever o português do nosso dia-a-dia de forma correta.

Este ano (2015) como exemplo, uma estudante tirou nota mil na redação do Enem e a mesma relata que escreve romances, crônicas e contos desde os 11 anos e que o hábito de leitura veio por incentivo da mãe. O que a gente sempre comenta que o incentivo à leitura por parte dos pais é fundamental. Para demonstrar essa importância a mãe da seguinte estudante disse:

"Dispensei minha cama, forrei um tapete no chão e fiz uma biblioteca nesse segundo quarto. À noite íamos para lá e líamos os livros, depois eu dormia ali no meio dos livros e às vezes ela dormia comigo, mas não quis abrir mão dessa presença física dos livros em casa, porque sei que seria ruim para ela",

Esse incentivo faz toda diferença na educação dos filhos, ainda mais hoje em dia que a tecnologia predomina. Muitos pais estimulam filhos a utilizar celular, tablet e a ver televisão o dia inteiro. Esquecendo que é importante estimular a parte mental e estimular o crescimento da pessoa. A mãe da estudante exemplo retrata bem esse quadro:

"Hoje os pais quando querem que os filhos fiquem quietos, entregam tablets e smartphones para eles. 
Eu quando queria acalmá-la entregava livros e isso foi virando um hábito. 
Acho que esse contato com a escrita e a leitura fez com que ela tivesse essa 
facilidade de se expressar e escrever bem e de compreensão de mundo".

Mas diante de toda essa tecnologia e facilidade, percebemos que não são todos que dão essa importância a leitura e não são todos que sabem realizar uma redação com qualidade. E isso seria devido à falta de interesse ou a falta de incentivo? Diria que os dois, mas não discutiremos sobre isso e sim o que podemos fazer para melhorar a escrita, afinal, temos de estar sempre praticando. O que fazer, você sabe?

1 – A prática leva a perfeição.

 Apesar de não ser algo muito divertido para muitos, treinar seus textos é essencial. Escrever à mão ao invés de digitar é uma maneira de melhorar sua escrita, afinal você é obrigado a prestar atenção se não está cometendo erros de ortografia e pontuação e sair de vez da comodidade dos corretores automáticos.

2 – Para escrever melhor, leia.

Os temas de redações tradicionalmente abordam fatos que ocorreram naquele ano que sejam de grande relevância. Por isso, para que você tenha repertório para discutir esses acontecimentos, esteja sempre informado. Ler ao menos parte dos editoriais ou então periódicos de edição semanal podem também ser alternativas para não somente ter conhecimento do que acontece no Brasil e no mundo, mas para saber quais são os tópicos que mobilizam a atenção do grande público e, consequentemente, os possíveis temas da prova. Fazendo isso, você poderá articular melhor suas ideias dentro da proposta de redação.
Contudo, ler apenas informativos pode não ser tão prazeroso. Por isso, embarque em leituras que te interessam, mesmo que o autor não seja nenhum Machado de Assis. Dessa maneira, você é capaz de adicionar novos termos ao seu vocabulário, assim como atentar a ortografia das palavras. Contudo, Best Sellers geralmente trazem muitas marcas da oralidade que você não pode ter na sua redação. Logo, tenha cuidado para não seguir essa tendência.

Lembre-se: não limite sua biblioteca pessoal a esses livros, afinal é também recomendável ler obras de grandes autores da literatura ou da sociologia. 

“O aluno tem que diversificar o máximo possível as leituras. Quanto mais variado for o repertório do aluno, melhor para que assim ele consiga aplicar as mais diversas áreas do conhecimento, relacionando-as ao tema proposto”, aconselha a professora. 

Lendo livros um pouco mais complexos, você se diferenciará dos demais candidatos, sobretudo porque você demonstrará conhecimentos que não se limitam a grade curricular do ensino médio e os corretores querem ver argumentos com certo embasamento teórico. Por isso esse é um bom investimento para incrementar seu texto.

E a pergunta que não se quer calar: “leio estas obras atentamente ou posso fazer leitura rápida como preparação para a redação?” Segundo a professora de redação, melhor que ler três livros, é ler um, mas lê-lo atentamente e conseguindo compreender, estabelecer relações, trabalhar os nexos, contextualizar.”

3 – Não abra mão do entretenimento.

Provavelmente você não estava esperando por essa terceira dica, mas é verdade. Tudo o que você assiste de filmes e seriados ou o que você ouve de música podem ser maneiras de dar suporte a suas ideias. Sobre isso, a professora Andrea Lanzara ainda acrescenta: 

“É muito importante que o aluno saiba escolher os seus momentos de lazer. Ele pode ir a um museu, ler um desses livros que estão fora dos indicados, mas aproveitar esses momentos de entretenimento para juntamente com isso aprender”, disse. 

Porém, atente-se: use exemplos relevantes. Não adianta citar determinado cantor só para demonstrar seu ótimo gosto musical. Para não correr riscos de errar, o ideal seria mencionar pesquisas e entrevistas, mas se esse trecho de livro confirmar seus argumentos, por que não?

E a dica da estudante nota mil:

"Eu estava habituada a exercitar a redação. Poderia vir qualquer tema, o que eu precisava era aprender como utilizá-lo ao meu favor. Então, aprendi a obedecer às cinco competências e agradar os corretores. Toda semana fazia uma redação sem nenhuma fonte de consulta, só recebia o tema e escrevia, porque é assim no Enem. Não dá para pesquisar, tem que saber o tema, argumentar, criar um conflito e solucioná-lo".


Então você ainda tem dúvida da importância da leitura? Pegue vários livros, leia, escreva e pratique o hábito da leitura!
 Boa leitura queridos leitores!!!

Fonte: Universia e G1
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Obrigada. Definitivamente ler e escrever mais :D

    ResponderExcluir
  2. Texto muito bem escrito. Parabéns pela iniciativa!

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!